automacao-industrial

Entenda o que é automação industrial e o que ela pode fazer pelo seu negócio

Você sabe o que é automação industrial? Basicamente, é o conjunto de práticas que visam melhorar os processos industriais por meio de ferramentas e recursos tecnológicos. Em outras palavras, promover a interação homem-máquina de uma maneira que agrega valor e torna o setor mais produtivo e inovador.

Desde a substituição das máquinas a vapor até a chegada da Inteligência Artificial nas indústrias, muita evolução aconteceu. Diante desse fato, as melhorias trouxeram mais qualidade e agilidade aos serviços. Inegavelmente, a automação industrial já é uma realidade e beneficia muitas empresas desse segmento.

A integração entre o ser humano e os recursos tecnológicos permitiu o aumento de produção e crescimento do negócio, além da construção do diferencial competitivo de uma marca. Contudo, é importante valorizar e capacitar corretamente seus colaboradores, para que as chances de superar as expectativas do cliente aumentem e, assim, tragam mais credibilidade à indústria.

Dito isso, é importante saber como otimizar processos na planta com o investimento nessa estratégia. Para isso, continue conosco e saiba detalhes pertinentes nos tópicos abaixo.

Os impactos da evolução tecnológica

A redução de trabalhos manuais possibilitou a construção de um ambiente com total foco na inovação e produtividade. Por isso, investir em tecnologia virou uma expressão que se aproxima do sentido de garantir a sobrevivência da empresa em meio a um cenário competitivo.

Com isso, foi possível otimizar o espaço do chão de fábrica, reduzir custos operacionais e ter acesso mais ágil a dados que correspondem aos serviços. Em suma, a automação industrial é um grande fruto que a Indústria 5.0 trouxe na intenção de aperfeiçoar as ferramentas que conhecemos na quarta revolução industrial.

Entre essas inovações, podemos citar a Internet das Coisas, tendência que melhora a performance das atividades, e a computação em nuvem, por meio de softwares que garantem a segurança das informações em um espaço restrito. Tendo isso mente, entendemos a necessidade de apostar na automação para melhorar o desempenho industrial.

A diferença entre automação e mecanização

Normalmente, as pessoas podem confundir os dois termos e acharem que tudo oferece o mesmo propósito. No entanto, a automação industrial segue os princípios propostos pela Indústria 5.0, em que as máquinas colaboram para mais rapidez e inteligência nas rotinas de trabalho em uniformidade com os colaboradores.

Sendo assim, o ser humano e a tecnologia devem promover uma integração. O conceito de difere da proposta de mecanização, que visa substituir toda a ação humana por máquinas.

O objetivo da automação industrial

O objetivo da automação industrial é contar com a tecnologia para melhorar processos industriais. Isso envolve sistemas ciberfísicos que ajudam a tornar mais simples as operações, implementar a melhoria contínua, além de coletar e avaliar dados a fim de tomar decisões inteligentes.

Sendo assim, softwares e hardwares têm o papel de trazer autonomia para os equipamentos e reduzir os esforços humanos em trabalhos repetitivos. Sobretudo, aquelas atividades em que o apresentamos bastante dificuldade em executá-las.

Os principais benefícios da automação industrial

De antemão, é possível frisar que a automação industrial reduz consideravelmente as falhas humanas. Portanto, máquinas poderão fazer um trabalho de alto risco, pesado ou que demande grande esforço, e o colaborador não se coloca em situação que possa comprometer sua integridade física.

Além disso, a automação industrial promove grandes benefícios para as empresas. Conheça algumas delas abaixo.

Diminui a emissão de resíduos

Ao automatizar processos, ocorre um aumento da eficiência de máquinas e equipamentos do setor industrial. Com isso, é possível consumir menos energia e produzir uma menor emissão de gases poluentes, além de diminuir a geração de resíduos.

Promove uma operação virtualizada

Neste caso, é possível simplificar a gestão de sistemas para que eles operem de uma maneira padrão e eficiente. Assim, conquista-se a eficiência operacional e a vantagem competitiva.

Descentraliza a tomada de decisão

Em outras palavras, estamos falando de promover a autonomia no setor industrial. Assim, os colaboradores darão andamento aos fluxos de trabalho com assertividade e foco nos resultados.

Otimiza o monitoramento dos sistemas integrados de gestão

Atualmente, existem softwares que possibilitam a centralização de informações em busca de agilizar processos e tornar o setor mais produtivo com o apoio da tecnologia. Os sistemas integrados de Gestão permitem o monitoramento por parte de toda a equipe autorizada.

Analisa o desempenho de indicadores de performance

Com o monitoramento em tempo real, é possível enxergar pontos de melhorias com base em dados reais. Consequentemente, as tomadas de decisão se tornam mais efetivas para melhorar seu diferencial competitivo.

Tira o maior proveito da proposta da transformação digital

Além de garantir a digitalização de processos, a valorização da transformação permite a aprendizagem e melhoria contínua. O objetivo é ampliar conhecimentos sobre novas tecnologias que podem agregar valor à automação industrial.

Os pilares da automação industrial

Assim como a valorização da NR-17 promove a implantação correta da ergonomia na indústria, a automação industrial se sustenta em pilares para que ocorra a qualidade na prestação de serviços. Entre eles podemos citar a presença de robôs autônomos que promovem a diminuição dos custos com mão de obra e reduzem as quantidades de erros humanos.

Inteligência das máquinas

A Internet das Coisas também é outro conceito que melhora consideravelmente os fluxos de trabalho na planta de produção. Afinal, por meio de tecnologias em equipamentos e máquinas conectadas à internet, é possível coletar e administrar um grande número de dados que tornam as tomadas de decisões mais inteligentes e assertivas.

Análise de dados

Por falar em dados, o Big Data e o Data Analytics são duas tendências que se consolidaram em diversos segmentos. Ao passo que eles agregam valor na implementação da digitalização de processos e faz com que a empresa esteja sempre em conformidade com as diretrizes da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Além disso, são ferramentas que ajudam a fazer análises em tempo real, organizar dados de forma eficiente e otimizar tarefas, visto que é possível detectar falhas em processos com agilidade e corrigir de maneira preventiva.

Robótica

O Brasil apresenta várias empresas que dispõem de robótica avançada com boas soluções para o controle de processo discreto e o controle de processo contínuo. Independentemente da área da indústria, o operador acompanha tudo em tempo real e maximiza a produtividade dentro desse segmento.

Durante a leitura deste artigo, você conheceu o que é e quais são os principais benefícios da automação industrial. Por isso, concluímos que é imprescindível para uma empresa desse setor evoluir com ajuda da tecnologia. Então, não se esqueça de entrar na realidade da Indústria 5.0 e otimizar seus resultados no chão de fábrica.

Gostou do conteúdo? Então ajude mais pessoa a entender a importância da automação industrial. Compartilhe o post!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.