manufatura-inteligente

O que é manufatura inteligente e quais as tecnologias envolvidas nesse processo?

Certamente, você já ouviu falar que a quarta revolução industrial permite a integração entre o ser humano e as máquinas. Sob esse ponto de vista, existem estratégias que visam essa implantação no ambiente de trabalho de maneira assertiva. Diante disso, é importante destacar a manufatura inteligente.

A construção de um diferencial competitivo se tornou um dos grandes objetivos de empresas de vários segmentos. Afinal, elas já entenderam que é essencial usar a tecnologia a favor da evolução e do aprimoramento dos fluxos de produção. Logo, é fundamental torná-la prioridade e focar em um plano de ações correto.

Nesse contexto, continue conosco e conheça abaixo mais detalhes sobre o conceito de manufatura inteligente, sua relação com a indústria 4.0 e os benefícios dessa implantação na empresa.

O conceito de manufatura inteligente

O principal objetivo da manufatura inteligente é reunir várias inteligências em busca de aprimorar a produção e evitar que ocorram os mais diversos tipos de desperdícios. Assim, concentra dados relacionados às máquinas, aos colaboradores e todos os processos que buscam otimizar os resultados internos.

Desse modo, a marca seguirá uma melhoria contínua em constante contato e aprendizagem com os avanços tecnológicos. Sem dúvidas, é uma ótima maneira de trazer melhores condições de trabalho à sua equipe e melhorar a empresa como um todo. Sobretudo, quando se preserva tais valores na cultura organizacional.

A relação da manufatura inteligente com a indústria 4.0

Como a indústria 4.0 inspira várias mudanças em diferentes áreas, é necessário rever conceitos e usar as novas tecnologias para melhorar e padronizar processos internos. Com isso, surge o marketing 4.0, a logística 4.0 e outras variações que mostram o quanto seus ensinamentos impactam cada setor.

Sob esse ponto de vista, a relação da manufatura inteligente com a indústria 4.0 é o eterno diálogo entre otimizar a produtividade, melhorar a segurança do negócio e tornar as fábricas inteligentes com o uso das ferramentas adequadas. Dessa forma, é possível aproveitar benefícios que trazem um retorno a longo prazo na empresa.

Por exemplo, a confiabilidade do produto, a customização da linha de produção, a otimização de recursos e a eficiência em relação ao uso de matéria-prima. Inegavelmente, essa estratégia veio em busca de propor uma constante interação com a cultura data driven, principalmente agora que a transformação digital já é uma realidade entre nós.

As tecnologias presentes nesse processo

Primeiramente, temos a Internet das Coisas, que permite colher dados, armazenar e fazer com que os responsáveis pelo monitoramento das atividades confiram tudo em tempo real. A robótica avançada é uma ótima forma de implantar o conceito de Machine Learning e otimizar processos complexos sujeitos ao erro humano.

Por falar em cultura data driven, vale destacar o Big Data, uma vez que ele é bastante útil no gerenciamento da cadeia de suprimentos e possibilita a valorização de informações reais nas tomadas de decisões.

Por último, considere a Inteligência Artificial na intenção de valorizar a eficiência das tecnologias no ambiente da fábrica. Ao passo que proporciona mais agilidade nos fluxos de trabalho, mantém o foco na manufatura inteligente e reduz riscos que podem complicar a saúde do negócio.

Gostou dessas dicas? Então não se esqueça de assinar nossa newsletter e ficar por dentro de mais assuntos como este.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.