relacao-com-fornecedores

Veja como melhorar a relação com fornecedores com estas dicas

A valorização de práticas que possibilitam a atração e fidelização de clientes ajuda a melhorar o desempenho do seu negócio. Além disso, permite a construção do seu diferencial competitivo no mercado. Entretanto, a relação com fornecedores também deve fazer parte do seu planejamento estratégico.

Afinal, tudo o que envolve seu negócio precisa de um cuidado especial, pois a qualidade deve estar presente em todas as facetas da sua empresa. Consequentemente, você ganha credibilidade, fortalece a sua imagem e conta com facilidades que só uma parceria de confiança permite.

No entanto, é preciso adotar um conjunto de ações que tornem esse objetivo possível e colaborem para o desenvolvimento de relacionamentos sólidos e de bastante comprometimento mútuo. Então, continue conosco e conheça mais sobre como melhorar sua relação com os fornecedores.

Desafios do relacionamento com fornecedores

Geralmente, as marcas já dispõem de processos consolidados, mas muitos profissionais ainda não conseguem manter um bom alinhamento entre negócio, setor de compras e fornecedor. É preciso entender as mudanças de mercado e redirecionar esforços para decisões mais efetivas.

Diante disso, é essencial focar em treinamentos e promover a aprendizagem com todos os profissionais que tenham ligação com a sua marca. Por meio desse investimento, a relação com fornecedores cresce bastante e eles passam a se sentir parte fundamental na busca constante do sucesso da sua empresa.

Inicialmente, a educação no uso das ferramentas tecnológicas é um dos principais desafios. Afinal, é necessário se adequar às tendências e usar softwares de gestão para o fechamento dos pedidos. Mas essa questão pode ser resolvida com o mapeamento de processos, fator que beneficia tanto empresa quanto fornecedor, pois há cronogramas definidos e previsão de demanda.

Outro desafio é a ênfase na redução de custos. Não adianta querer apenas preços baixos, deixando a qualidade de lado. Por último, quando não há competências de relacionamento, é possível que aconteça conflitos nas negociações e desgastes entre compradores e clientes. Assim, aumentam as insatisfações e não há como manter um relacionamento de longo prazo.

A importância de valorizar a relação com fornecedores

Independentemente do setor, existem processos internos que se interligam para iniciar e concluir uma atividade em seu devido tempo. Por isso, é preciso ter previsão de demanda. Veja abaixo como a relação com fornecedores contribui para esse objetivo e de que forma impacta positivamente o seu negócio.

Atendimento de prazos

A tecnologia é bastante comum atualmente, ainda mais a partir da implantação da logística 4.0, otimizando o tempo de produção. No entanto, o fator humano também precisa de atenção para o cumprimento de prazos.

Diante disso, uma relação duradoura permite um melhor atendimento e boas negociações, que contribuem para entregas rápidas, na quantidade certa e conforme o combinado.

Flexibilidade

A relação com fornecedores também necessita de cuidados para que ocorra uma flexibilização. Afinal, as empresas precisam respeitar o cumprimento de leis e obrigações fiscais, ter protocolos de segurança nas transações e, sobretudo, cumprir com os prazos que se estabelecem para as entregas de mercadorias.

No entanto, com situações voláteis de mercado e épocas de baixa ou alta demanda, é importante ter flexibilidade para mudar prazos, quantidade dos pedidos e especificações de compra. Além disso, é interessante poder negociar preços, formas de pagamento e até descontos.

Relação transparente

É importante que os padrões éticos também sejam respeitados, incluindo valor praticado pelo mercado e se o fornecedor segue normas e padrões de segurança, sem perder sua capacidade de entrega. Essa transparência na relação é muito produtiva e incentiva uma parceria duradoura. Não só nos processos de transação, mas na manutenção do compliance.

Os pontos que devem ser analisados para uma boa relação

A princípio, busque valorizar a missão e a visão da sua marca. Assim, torna-se mais fácil pensar em medidas que se adéquem à cultura organizacional e fortalecem a relação com fornecedores. Dito isso, veja abaixo quais pontos devem ser analisados.

Aposte nos parceiros certos

Sem dúvidas, é necessário que a empresa fornecedora faça parte do seu segmento e compreenda profundamente os valores da sua marca. De certo modo, esse alinhamento faz toda a diferença e ajuda a formar uma relação com fornecedores forte e respeitosa, possibilitando a oferta de produtos de qualidade e pensados para as suas necessidades e as dos clientes finais.

Não coloque preço acima de tudo

De modo geral, a qualidade precisa estar acima de tudo. Isso porque é esse aspecto que mais interessa ao cliente final, pois ele deseja investir em algo que realmente seja útil e o satisfaça. Por isso, não coloque preço acima da qualidade. Invista em peças e itens capazes de entregar durabilidade, eficiência e resistência.

Mapeie todos os processos

A padronização de processos ajuda a reduzir erros, evitar gargalos e identificar falhas que atrapalham a evolução das operações. Ao propor um mapeamento que corrige e simplifica tais procedimentos, a otimização dos serviços ocorre. Consequentemente, todo o fluxo será respeitado, ajudando a fortalecer a relação com fornecedores.

Estabeleça canais de comunicação

A comunicação precisa ser facilitada para acontecer sem nenhum tipo de barreiras. Desse modo, a empresa deve se mostrar sempre disponível e escolher os canais de comunicação que tanto facilite a relação com fornecedores quanto os permitam dividir informações que agregam valor ao seu conhecimento.

A cultura de feedback é muito importante atualmente, pois é com base em dados reais que os empresários podem tomar decisões inteligentes, além de facilitar os argumentos em momentos de negociações. Sem dúvidas, a tecnologia é uma grande aliada do seu crescimento nos canais de comunicação e na formação do diferencial competitivo. 

Monitore os índices de desempenho

Aliado ao que falamos no tópico anterior, o uso da tecnologia para fortalecer a relação com fornecedores permite ainda o acompanhamento do comprometimento entre as partes. Logo, os índices de desempenho são ótimas formas de verificar o andamento dos fluxos e resultados.

Alguns indicadores importantes são: índices de bugs na plataforma, tempo médio de atendimento, evolução do preço e nível de entregas. Além disso, o saving indica a economia feita pela empresa entre o que foi orçado e adquirido.

Valorize fornecedores com os mesmos valores que os seus

Em síntese, é muito importante contar com fornecedores que dispõem dos mesmos valores que a sua marca. Assim, eles podem entender suas necessidades com mais facilidade. Lembrando que a atuação dessas companhias também pode impactar a imagem do seu negócio.

Para finalizar, crie uma comunicação constante para que ambos ajam com transparência e sejam flexíveis. Aliado a isso, utilize a tecnologia a seu favor na intenção de monitorar frotas e identificar pontos de melhoria na relação com fornecedores. Certamente, todos esses cuidados podem impactar o sucesso da estratégia de compra e venda no varejo.

Quer mais dicas como estas? Ao se inscrever na nossa newsletter você receberá em seu e-mail novidades para melhorar gradativamente a sua gestão.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.