rodizios-em-laboratorios

Rodízios em laboratórios: principais cuidados para escolha e manutenção

Existem muitos elementos que contribuem para a excelência dos serviços prestados pela sua clínica. Desde o marketing, que agrega valor à marca e chama a atenção do seu público-alvo, até a aquisição de produtos e equipamentos médicos. Nesse último quesito, os rodízios em laboratórios devem se adequar ao ambiente e outros fatores.

A área da saúde se preocupa constantemente em oferecer ótimos resultados. Assim, foca em ações que melhoram a satisfação dos pacientes e investe em equipamentos de alta qualidade que permitem diagnósticos rápidos e eficientes. Entretanto, as soluções em mobilidade também devem receber o total cuidado dos seus gestores.

Portanto, nada melhor que conhecer os tipos de rodízios para laboratório clínico e o que considerar no momento da compra. Afinal, a depender do peso transportado e das características do local, há alternativas que podem prolongar a vida útil do equipamento e evitar gastos operacionais extras. Por isso, vamos entender melhor?

A qualidade do atendimento e nos serviços

Atualmente, as pessoas ficaram ainda mais preocupadas com questões ligadas à saúde. Sobretudo, devido aos eventos que o mundo passou e ainda passa em relação à pandemia da Covid-19. Cresceu, portanto, a necessidade de investir em uma vida saudável e realizar exames que identificam riscos antes deles serem considerados graves.

Ao longo dos anos, a tecnologia teve um papel fundamental na melhoria do atendimento e na resolução de problemas ligados a patologias diversas. Os avanços tecnológicos permitiram a telemedicina, a implementação da biossegurança e a automação de processos no ambiente de trabalho. Assim, foi possível ter total controle, organização e produtividade.

Dessa forma, melhora-se o rendimento da sua equipe médica e a agilidade na rotina diária de um laboratório clínico. Além disso, o investimento em inovação permite a diminuição de custo e de erros operacionais, assim como otimiza tarefas que impactam diretamente o seu público.

Aliado a isso, não podemos deixar de fora o conforto e o bem-estar que precisam se fazer perceptíveis para os pacientes. Independentemente se for de maneira presencial ou home care, a qualidade nos serviços deve prevalecer porque ajuda a cativar o público e permite que eles continuem a optar pela sua clínica ao precisar de atendimento.

Dessa forma, a escolha dos rodízios em laboratórios faz toda a diferença nesse momento. São eles que trazem segurança e conforto em mobilidade.

A importância do bom funcionamento dos equipamentos

A experiência do cliente com os seus serviços é muito importante. Ao passo que o consumidor atual carrega características bem marcantes, sendo essencial conhecê-las para garantir um bom posicionamento e desenvolver seu diferencial competitivo. Entre elas, podemos citar a peculiaridade de compartilhar opiniões sobre produtos e serviços.

Seja em sites de avaliação, seja nas redes sociais, essas informações ajudam o gestor a enxergar pontos de melhoria e realizar ações que promovam uma boa otimização. Sob esse ponto de vista, é interessante avaliar fatores no atendimento que costumam ser mais considerados na hora de definir a permanência de pacientes ou a procura pela concorrência.

Uma questão comum é a performance dos equipamentos e soluções de mobilidade no laboratório, em busca de atender os pacientes em diferentes tipos de estágios. Como bem sabemos, existem quadros que dependem de mais urgência que outros. De qualquer forma, é importante que os recursos em questão sejam de qualidade e garantam a segurança de pacientes e materiais.

Os rodízios em laboratórios, se bem escolhidos, garantem que não haja acidentes ou que eles quebrem no trajeto. Sobretudo, em horas de fazer curvas ou manobras. Independentemente de carregar materiais ou um ser humano, é necessário zelar pelo cuidado e fazer o possível para inibir contratempos e situações que gerem mal-estar ou perdas.

Fatores a considerar na escolha dos rodízios em laboratórios 

A princípio, é necessário atentar à carga suportada, pois existem diversos tipos de rodas e rodízios que se adéquam a diferentes pesos. Além disso, soluções inovadoras não produzem ruído e minimizam vibrações, sendo estes pontos muito importantes para garantir a boa acomodação do paciente.

Aliado a isso, é importante considerar o tipo de piso do local, visto que alguns materiais deixam marcas no chão ou se corroem mais rápido em superfícies irregulares. Por último, vale analisar as condições do ambiente, escolhendo materiais resistentes ao contato com produtos químicos ou demais substâncias que diminuiriam a vida útil das peças.

Para ambiente úmidos, os rodízios com garfo de aço inoxidável são opções inteligentes. Já os rolamentos e o cabeçote de giro contam com lubrificação para suportar temperaturas baixas até as mais elevadas.

Os cuidados ligados à manutenção dos equipamentos

Geralmente, um bom laboratório precisa agir de maneira preventiva no que diz respeito à manutenção dos equipamentos. Assim, é possível organizar um cronograma de inspeção, fazer reparos pontuais e garantir que os materiais estejam em bom estado. Dessa forma, oferta-se um bom serviço e traz bem-estar ao público interno e externo.

Aliado a isso, evite manter um equipamento com rodízio na mesma posição por longo período. Também, verifique desalinhamentos e distorções por excesso de carga. Ao agir dessa maneira você prolonga o tempo de vida útil do material e evita acidentes e contratempos na prestação de serviços.

A linha médica de rodízios da Colson

Se você deseja uma solução de mobilidade em seu laboratório que tenha capacidade máxima de 110kg, é recomendável optar pela Série CPT. Além de apresentar um design moderno, estamos falando de uma das soluções em rodízios em laboratórios que apresenta uma dupla banda de rodagem em PU e uma versatilidade para aplicações nesse segmento.

Em seguida, temos o rodízio de rodas duplas da Série Twin Tech. Por sua vez, ela permite manobras seguras e se adéqua para uso em camas hospitalares. O material da Série GLE é resistente à corrosão e ideal para macas de hospitais e outras aplicações manuais.

Entretanto, quando o assunto é polivalência, não podemos nos esquecer da Série Avant. Afinal, ela é ideal na composição de camas de hospital, lavanderia hospitalar, berços e cadeira de banho, bem como de equipamentos de exames clínicos. Aliado a isso, segue princípios ergonômicos e não marca o piso.

Neste conteúdo, você conheceu pontos que os gestores devem considerar no processo de seleção e manutenção de rodízios em laboratórios. Portanto, siga nossas dicas que possibilitam a excelência no atendimento e a satisfação do seu público interno e externo.

Por fim, conte com a parceria de uma marca líder de mercado internacional de rodas e rodízios. Entre em contato com a Colson e fale com um de nossos consultores.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.