troca de rodízios

Troca de rodízios: como e quando fazer a substituição

O zelo pela vida útil dos equipamentos é muito importante para manter o funcionamento das empresas. Ao agir de maneira preventiva, a companhia começa a pensar estrategicamente e fazer tomadas de decisões inteligentes. Assim, saberá, por exemplo, o momento certo de realizar a troca de rodízios. 

Atualmente, podemos contar com a tecnologia para facilitar a execução e análise dessa tarefa. Os carrinhos industriais e demais soluções em mobilidade fazem parte do fluxo de trabalho, sendo interessante que a equipe de manutenção saiba da importância de deixá-los em boas condições de uso, assim não acontecerá quebras, interrupções ou acidentes.

Portanto, se você deseja seguir boas práticas e executar essa tarefa da melhor maneira possível, continue conosco e expanda seus conhecimentos!

Os componentes usados na produção

O papel de um gerente de manutenção é fundamental, pois ele deve sempre estar atento para que todos os componentes usados na produção estejam em pleno funcionamento. Apesar da forte presença de novas tecnologias nos ambientes de trabalho, não podemos nos esquecer que o fator humano é muito importante para verificar se tudo funciona conforme planejado.

Normalmente, as empresas contam com um gerenciamento de risco, documento que reúne informações importantes para os profissionais visualizarem cenários nocivos e criarem soluções preventivas.

Esse checklist é fundamental para ter o máximo controle de todos os componentes que permitem o andamento das linhas de produção, desde a matéria-prima e os insumos até os demais materiais para uso interno. 

Essa checagem deve ser minuciosa e cada detalhe faz a diferença para a presença da qualidade em toda a prestação de serviços. É importante, inclusive, em detalhes como a conferência do aspecto das rodas de equipamentos de mobilidade industrial, para saber quando deve ocorrer a troca de rodízios.

A substituição de rodízios nas plantas industriais

A escolha de um rodízio adequado permite que o profissional faça manobras e carregue cargas de acordo com o peso que as rodas suportam. Os carrinhos são muito importantes para o andamento de atividades como separação de pedidos e embarque de mercadorias aos seus destinatários.

Por isso, é fundamental estabelecer uma sequência de checagem para que a troca de rodízios seja feita sem gerar contratempos. Assim, as linhas de produção se manterão ativas e a equipe continuará na preservação da vida útil desses equipamentos e soluções de mobilidade.

Os sinais que indicam a troca de rodízios

Primeiramente, é necessário que o gerente de manutenção veja se há alguns danos visíveis no equipamento. Afinal, se ele reduz a produtividade, é sinal que algo pode estar errado em suas características.

Além disso, é essencial levar em conta a vida útil das peças indicada pelos fabricantes e verificar os problemas reportados pela equipe. Assim, será possível agir de maneira preventiva e evitar que os equipamentos quebrem ou comprometam a integridade da carga e da pessoa que a transporta.

Por último, é importante lembrar que a troca de rodízios sempre deve ser feita por um profissional especializado que conheça as características de cada roda e considere aspectos como tipo de uso, carga, tração e ambiente de movimentação.

Logo, zele sempre pelos ativos empresariais e ajuda outras empresas a fazer o mesmo. Compartilhe este link nas redes sociais e ajude na melhoria dos processos produtivos.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.